terça-feira, 31 de dezembro de 2013

muito mais que uma simples mudança de visual...

Há já uns tempos que precisava de dar uma volta ao meu cabelo.


Como já tinha escrito, algures no blog, as minhas brancas abundam e ,pelo que parece, o cabelo cresce desmesuradamente, o que me faz andar sempre com as ditas cujas à mostra.






Então decidi ir a um outro salão de cabeleireiro, o SANDRA ROQUE, CABELEIREIROS &ESTÉTICA e experimentar uma nova abordagem, e para já, estou  a adorar.



Como o meu cabelo estava muito escuro, com um preto carregado, optou-se por fazer a correção das raízes e depois muitas madeixas de um tom acobreado. (adorei ver-te a trabalhar com tanto empenho, minha querida. Ao ver-te, recordei-te aluna/adolescente. Irrequieta, resposta pronta na ponta da língua, critica aguçada, mas sempre, sempre um coração generoso, demasiado perto da boca, mas sempre generoso. Foi bom, minha querida, desta vez, entregar-me aos teus cuidados. Ver na mulher fantástica em que te tornaste. E um orgulho imenso invadiu-me o peito, um orgulho maternal, sem sombra de duvidas. E ri-me, da lembrança das partidas que me fazias...Minha Nininha, minha pequenina, menina mulher...para mim serás sempre pequenina, sim?)


Bom, depois das madeixas e "banho" feito, foi tempo de cortar.

A minha querida aluna, a Nina Soraia, agora grande cabeleireira, optou por cortar pouco, reajustando o corte, dando-lhe nova vida e leveza.

Gostei!

E aqui fica o antes e depois...a ver se o crescimento das brancas fica meio " baralhado" no meio desta "rebeldia" de cor. Entretanto, com a continuação das visitas ao salão esta cor/efeitos poderão vir a sofrer alterações, pois, como já referi, a cor base era um preto muito carregado, como puderam ver.

Entregar-me a cuidados também é uma novidade... nunca fui de me cuidar, de me valorizar.
 Mas uma das conquistas desta cirurgia foi, também, a do querer tratar de mim, cuidar-me e valorizar-me. E hoje foi isso que senti, quer pela minha querida Nina Soraia, quer pela dona do salão de cabeleireiro, a Sandra Roque. Entenderam bem as minhas duvidas, receios e o quão "tinhoso" pode ser o meu cabelo e decidiram pôr mãos à obra, acreditando que vamos encontrar uma solução. Senti-me lá bem. Um ambiente acolhedor, com direto a cafezinho ( que me soube mesmo muito bem) e a massagem na "tola". ( sim, todos são tratados assim, com aqueles "cafunes", na lavagem,  maravilhosos)

Para a próxima quero conhecer a Lu, a esteticista.

Quando lá forem, digam que vão por este blog! Certamente perceberão como serão bem acolhidas e entendidas. E como nós precisamos de gente que nos entenda!!

E o Nuno, gostou?

 O Nuno adorou!

Foi muito mais que uma mudança de visual...

Obrigado, Sandra Roque Cabeleireiros& Estética por me terem feito sentir tão especial :)

Sandra Roque Cabeleireiros&Spa
Rua da Restauração, 159
Forno - Rio Tinto - Gondomar
( Este salão fica numa perpendicular à rua D. Afonso Henriques, a rua que vai do MaiaShoping até à  Areosa , no Forno - Rio Tinto- Gondomar, perto da Cervejaria Madureira, com muitos autocarros a passar por perto e local para estacionar.)

Kisses, Mary


domingo, 29 de dezembro de 2013

novo peso, após altos e baixos "liquidos"

Os sábados são dias de pesagem, mas ando a baldar-me um pouco, é um facto.
Mas hoje lá subi para a Miquelina (nome da minha balança) e rezei, cheiinha d medo... pois esta semana tive uma retenção de líquidos que me fez ganhar 900 gramas enquanto o diabo esfrega um olho.
 Feitas as contas, reposta a normalidade, perdi as famigeradas 900 gramas e ainda mais umas 400 gramas, ora, para mim, atendendo que estive mais parada, esta semana, e comi mais umas maluquices natalícias, este resultado foi mesmo bom.

 Portanto estou com menos 40.4 kg

 bibaaaaa! Já mereço uma mudança de visual.


 Segunda feira vou-me entregar nas mãos de uma querida profissional. Depois conto tudinho!!

kisses, Mary

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Rabanadas "amigas"

Eu não gosto de doces de Natal...pois é, não lhes acho a mínima piada, sobretudo às rabanadas,

Blhaccc!


 E continuo a não achar piada nenhuma...até ter decidido fazer umas mais saudáveis  ( ou menos maléficas)...

Provei e adorei!!

Pensei,hmmm, se calhar também gostas das "tradicionais"...pois não, continuo a odiar.

ufa, ainda bem!

Aqui fica a receita para sete rabanadas

7 fatias de cacete ( há quem use cacete/pão integral, mas eu usei o cacete tradicional)
1 chávena de leite magro
3 colheres de sopa de Açúcar ( eu usei adoçante e nesse caso é necessário ter em atenção às proporções, senão fica ultra doce)
1 colher de chá de essência de baunilha
1 ovo
1 clara
3 colheres sopa de agua
Margarina para barrar a forma
Açúcar ou adoçante e canela para polvilhar

Preparação:
Num recipiente misture o leite, o açúcar/adoçante e a baunilha e reserve.

 Bata ligeiramente o ovo e a clara. Adicione 3 colheres de água e misture bem. Reserve.


Unte uma forma com margarina.

Passe cada fatia de pão no leite e em seguida no ovo batido.

Coloque as fatias na forma untada e leve ao forno bem quente (no meu 250 graus), pré-aquecido, por aproximadamente 15 minutos ( o tempo pode variar conforme os fornos e o gosto de cada um..)

Vire as rabanadas na metade do tempo, para dourarem nos dois lados.

Frias são  boas,mas mornas...ui!!

Kisses

Mary e Gusta

Aventura do Bacalhau!

No ano passado, por esta altura, estava na dieta liquida. ( tinha sido operada no dia 19)

E, por mais que me dissessem: "ai que horror dieta liquida no Natal" ou " não podias ter sido operada depois do Natal" ou o "coitada" (este sim irritava-me...), estava convicta da minha decisão e a ceia de Natal só veio provar-me que a minha decisão foi a mais acertada.

Uma decisão amadurecida, um querer revestir o tempo de novos significados pessoais...

E também renasci, no Natal do ano passado.

O meu jantar foram 150 ml de sopa.  (odeio sopa, eh eh)

Este ano foi bem diferente.

 Como as minhas experiências com bacalhau não correram bem e o que vai correndo é que quem tem banda não se dá bem com bacalhau, aceitei essa " condição".

Assim,  decidi que ia comer pescada.

Mas , e em boa hora, decidi pedir opinião sobre o bacalhau na página de facebook da clinica Dr. António Sérgio e o que me foram dizendo animou-me.

Decidi experimentar, então, o fantástico bacalhau que a minha mãe comprou.

A parte das lascas ( no lombo) foi muito fácil de comer, com um pouco de azeite.

 E  experimentei um bocadinho de cada parte do bacalhau....e , de facto, confirma-se que a parte mais fácil de comer são as lasquinhas do lombo...do bacalhau de boa qualidade. Tudo o resto, para mim, fez-me pressentir problemas e nem sequer consegui engolir.

Se soubessem a felicidade que foi, para mim, comer umas lasquinhas de bacalhau, regadas com azeite e meia batata cozida com pencas!!! Acho que conseguem imaginar!!

Hoje tentei comer "farrapo" velho,mas não consegui. Sentia aquilo tudo a "embolar" não fui capaz.

Paciência, já foi muito bom!! Estava tão convencida que não ia comer bacalhau que tudo foi lucro!

Kisses Natalícios, Mary
(PS: em breve receita de rabanadas light)

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Conceitos: ritmo




Quem for operado, seja para colocar a banda ou qualquer outro tipo de bypass deve ter em atenção que há palavra  e conceitos que terão MESMO de sofrer uma alteração.
E muitas dessas alterações serão naturais, nos primeiros tempos, mas à medida em que se deixa a fase dos líquidos/moles e se entra em alimentos sólidos tendemos a " esquecer" e  depois as consequências nem sempre são, digamos, bonitas...


Uma essencial é o RITMO
o RITMO a que comemos...
o RITMO das garfadas,
o RITMO das colheradas,
o RITMO das goladas,
o RITMO da mastigação,
o ritmo de novos horários que se impõem... o essencial é ser-se "relógio suíço". Numa primeira fase precisamos do relógio externo, depois, se formos disciplinados, descobrimos um relógio dentro de nós, acreditem :)

Ritmo lento, pausado, sereno... muito sereno, sim?

Kiss Kiss
Mary

domingo, 22 de dezembro de 2013

Gusta no cinema: a pipoca

Ontem fomos, os três, ao cinema. Eu, a Gusta e o Nuno,pois claro.
E a Gusta quis comer pipocas.
Ainda me apeteceu beber qualquer coisa... mas fiquei-me pelas pipocas ( é obvio que não comi um balde inteiro, nem metade, nem metade da metade, nem metade da metade da metade.)
Estou feliz por ter tido juízo.
As que comi souberam-me pela vida, caíram-me bem e soube "asneirar" na medida certa.
O filme que fomos ver foi: sete pecados rurais.
 É um filme morno: nem bom nem mau.
Um momento bom, descontraído na melhor companhia.

Kiss Kiss
Mary

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

a foto de há um ano e a de hoje...

O meu rapaz chegou, para uns dias de merecido descanso...e claro, lá foi cravado, como há um ano, para tirar a "pick" do momento... e cá ficam as duas, com um ano e um dia de diferença...





 





evolução... em fotos:)

No Hospital Cuf, no dia 19 de dezembro de 2012, acabada de ser internada.


 
 
 


 
 
 
 
 
 
 
e os menos 40? sábado tiro fotos e coloco aqui.
 
kisses,
Mary

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

um ano depois...19/12/2012-19/12/2013

...e de repente... passou um ano...

...ando há um ano a sonhar com o conteúdo desta publicação...

...hoje, finalmente chegado o dia, sinto a alma embargada e só me saem palavras de gratidão...

...mesmo podendo correr o risco de ser injusta, ou de me esquecer de alguém, cá vai:

Obrigado...


- à D. Luísa, que um dia ousou dizer-me: "professora, marque consulta, eu vou consigo..."

- à  Clarinha, à Sónia e à Cristina que me partilharam comigo as suas experiências, nunca dourando a "pilula", mas animando-me, verdadeiramente.

- ao Dr. Sérgio, que acreditou em mim desde a primeira consulta.

- à enfermeira Paula, que me ligou nos 7 dias após a cirurgia, para saber como eu estava, quais as dúvidas, receios, medos, verificar o estado dos pensos e dar-me palavras de conforto.

- À minha querida Coach Filipa, por me ajudar a perceber que eu sou a  melhor pessoa para ser eu própria.

- ao meu querido padrinho Jorge, que reza por mim, todos os dias e é o meu porto seguro.

- à Dra. Ana Alexandra Rocha, querida nutricionista que, com meiguice, foi dando sábios conselhos.

- ao Dr. Jorge Mota, que apesar de ser uma melga, com a mania que sabe tudo ( e não, sabe, acredite) nunca me abandona. que seria da sua vida sem me aturar?

Ao meu núcleo familiar:
- Mãe e pai, por me terem recebido, de braços abertos, no vosso ninho, nos primeiros dias, para me ajudarem com coisas tão simples, mas na altura tão "complicadas"e continuamente me estimulam nesta caminhada.

- ao Nuno, marido, amigo, companheiro, fã, "pai e mãe", irmão, facilitador, ninho, encorajador...

Ao meu núcleo laboral:
- aos meus colegas mais próximos, conhecedores, desde o primeiro momento desta minha decisão e daqueles a quem fui contado, ao longo deste ano e que vibram com as minhas conquistas, me mimam e incentivam e às vezes ,também dizem disparates como : "estás a ficar anoretica". ( eh eh eh)

- aos meus alunos, pilares fundamentais desta minha decisão.

-Ao grupo  "dos verdadeiros falsos"

Ao meu núcleo "caranguejo"

- Aos meus amigos de sempre, aqueles com quem nunca envelhecemos, com quem contamos para tudo, com quem sabemos que, por mais que a vida nos trame, eles estão lá. A "família" por nós escolhida, meus "best" ( como dizem os putos), Carla, Carlos, Sandra, Carlos Fredy, Nuno, Simão e Sara.

- Ao meu "mano gémeo" Marco que me atura, ouve os meus lamentos e vitórias e me alimenta :)

- à D. Otília que se lembra sempre de mim, me mima. Não se fica pelas palavras, pelas intenções, mas age. "Está sozinha? venha!"

- Ao meu sobrinho Eduskas, que se preocupa comigo daquela maneira especial e que é sinal de que Tu existes.

- Às minhas estrelinhas que cuidam e guiam...

- a todos os leitores deste blog e do seu facebook. Saber que sou lida, saber que o que vou escrevinhando até vos diz algo é a concretização de algo nunca sonhado.
 E já fiz grandes e boas amizades, por aqui.
Não posso deixar de realçar a Juliana Lemos, que me acompanha nesta aventura e cujas dúvidas são as minhas e nos vamos ajudando. Se tu soubesses, Juliana, como me ajudas!!
Ao apoio da Barbara Brito, Helena Vizinho Carreiro, Anabell Silva, Lígia Moura, Hernâni Costa. 

- aos grupos por onde vou buscar forças, ânimo, ideias, truques e dicas como o Bypass Gástrico Portugal, Renascer e  outros do pais irmão como o "resolvi mudar de vida", " Ser mãe após bariátrica"

Provavelmente esqueci-me de alguém... é provável. E já por isso as minhas desculpas.

ah...claro que não me esqueço de vós, arautos da desgraça...sim, aqueles que tentam, sem sucesso, "deitar-me" abaixo. Obrigado.

A todos o meu agradecimento profundo. Jamais poderia pensar que, volvidos 365 dias poderia dizer que perdi quarenta kilos e conquistei um mundo novo?

Há um ano, sem ter noção disso, nas vésperas de Natal, aconteceu a minha Páscoa....

com carinho e gratidão eterna,

Mary



terça-feira, 17 de dezembro de 2013

datas e estrelinhas que me guiam III

Hoje farias 43 anos... fazes, aliás.

Como serias tu?

Como seria a nossa vida se não tivesses partido tão cedo?

Às vezes tenho dificuldade em recordar-me do tom da tua voz e falham-me traços do teu rosto. (Gostava de ter uma foto tua em cá no meu barraco, mas sabes que continuas a ser "tabu"... )

Tendo a comparar os meus colegas da tua idade, contigo... mas jamais será possível perceber como seriam todas as nossas vidas se nada daquilo tivesse acontecido.

Tenho saudades tuas, pah. Saudades de andar à bulha e das cumplicidades.

Um dia, não sei onde, muito menos quando, ainda me vais explicar muita coisa, ai vais, vais!

Até um dia, irmão.

kisses,

little sister



segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

de fugida, as novidades

Estou cheiinha de pressa, mas não era capaz de não deixar aqui as boas noticias!!

Em jeito relâmpago,lol


Faltam três dias ( e não dois, como pensava) para fazer 1 ano de Banda Gastrica


Faltam 100 gramas para os menos 40 kilos ( claro, as famigerados e famosos 100 gramas)


Faltam 7.9 kilos para o peso TOP!

wiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!

Sobretudo sinto-me muito, mas mesmo muito bem!
(tirando a maluqueira, mas isso já faz parte, nada a fazer)

kiss, kiss,
Mary


sábado, 14 de dezembro de 2013

não são precisas palavras,pois não?

Ola "mininos" e "mininas"!

Deixo a foto do dia, da semana, do mês, do ano, de uma vida inteira...






Coragem, Mary... FDSemana jeitoso a caminho...

Este fim de semana vai ser jeitoso, vai.


Para ganhar coragem nada como fazer "to do lists" para cada item... nuns "post it" fofinhos :)


Coragem, Mary, coragem!

Kiss, Kiss

Mary

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

datas e estrelinhas que me guiam

Um ano e um mês após a tua morte continuas a entrar, sem pedir licença, nos meus sonhos.

Entra, senta-te.
Vamos conversar, miúda.

Estas orgulhosa de mim?

Estou bem mais magra, consegues ver? Agora só tenho de me concentrar mais no exercício físico( que tu adoravas), mais fruta (que tu amavas), e em viver a vida ( que tu vivias intensamente). Manter este peso ou, de preferência, perder 9 kilitos.


Manda-me um sinal... só um.

bjs

Mary

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Nozes

As nozes são bastante calóricas, mas também uma excelente fonte de Vitamina E, Potássio e Proteína vegetal.

São o alimento vegetal que apresenta uma maior quantidade de antioxidantes, responsáveis por prevenir muitas doenças como as coronárias, diminuem o nível de colesterol.
É igualmente rica em ácido elágico, que pode inibir o crescimento de células cancerígenas.

Se consumidas com moderação são uma mais valia.

E eu há uma semana que como, todos os dia de manhã, duas!

Mary a criar bons hábitos :)


segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

"ontem" e "hoje"...

Ontem, dia 8, fez um ano que fui a um casamento.

E nesse casamento revivi um pouco do meu casamento.
Secretamente renovamos os nossos votos, verdade, Nuno?

Há um ano fartamo-nos de dançar, embora eu tivesse feito uma série de pausas... porque me cansava imenso... E ria-me, divertida, de ti a dançar desalmadamente!

Há um ano despedi-me de muitas comidas... que hoje não me fazem lá grande falta, facto. ( nunca pensei vir  a dizer isto, mas é verdade, apesar de eu ser uma rebelde no que toca à gastronomia...)

Há um ano senti, pela primeira vez, que 2013 seria o meu ano...e está a ser... mas confesso que um ano não me chega, e terei até ao fim dos meus dias o "meu" ano. Porque um amor profundo começa a nascer de mim...por mim...

Há um ano pesava mais 38 kilos... há um ano...

Há um ano arrastava-me...

Há um ano tinha dores horríveis nos joelhos, nas costas, nos pés... hoje tenho uma bexiga louca, como há um ano, mas não me lembro de ter dores de joelhos, de costas, de pés ( tirando o Aquiles que de vez em quando acorda)

Há um ano subia três degraus e ficava sem fôlego, inventado muitas vezes um motivo para parar a meio de uma subida, para poder recuperar o irrecuperável folego.

Há um ano a minha vida girava à volta de uma secção de tamanhos grandes e os olhares de desprezo: "não temos tamanho para si". ( mandando para o carvalhido logo a seguir...)

Há um ano... há um ano... há um ano dois pombinhos deram o nó, partilhei a felicidade deles, tal como partilho hoje, já com um recém nascido como joia preciosa desse amor.

Há um ano... tinha medo...hoje continuo com medo.

Há um ano aninhava...hoje aninho nos intervalos da caminhada...

Há um ano dizia: "qualquer coisa serve", "escolhe tu", hoje digo, e fico espantada comigo mesma: "eu quero", "não gosto", "eu gosto", "eu decido", "eu escolho"... e às vezes volto ao encolher de ombros... mas a Coach Filipa dá-me uns "calduços" mentais...

Há um ano... num instante passou...e num instante a minha vida se revolucionou...
 ( tão bom...)
Parabéns Gémeo e S pelo vosso amor!

Kiss Kiss

contagem regressiva...

Quando cheguei à marca dos menos 37 kilos percebi que me faltavam 10 kilos (mais coisa menos coisa) para chegar ao meu peso TOP!

Então decidi começar uma nova contagem, agora regressiva, rumo a este objetivo nunca por mim sonhado, confesso.

E hoje, numa corridinha contra o frio, lá me coloquei em cima da balança ( no sábado não estive por casa, por isso só hoje me pesei) et voilá...



faltam:


biba!

e como eu mereço, hoje vou aproveitar o sol. :)

Kiss Kiss
Mary!


quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Para o Natal a Mary quer...

 
A menina Mary facilita a vossa escolha de presentes. Quero estes.
 
he he!
 
kisses!
Mary

considerando Xpress IV

Entendam como quiserem.


Para quê a "fotocópia" quando podem ter o "original"?


E mais não digo.


Há cada burro nesta vida!

kiss kiss
Mary

4 de dezembro- pequena grande data

Faz hoje um ano que marcamos a cirurgia, Dr. Sérgio.

Recordo com um imenso carinho estas "pequenas" grandes datas.

Um ano.

Há um ano arrastava-me.

Hoje,apesar das pedras no caminho, irradio energia.

Tanto que a decisão de um ano encerra...

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

antes e depois# pijama ( pequenas grandes vitórias)

Olá bebés,

Dei por mim a ter de renovar, ainda mais, o guarda roupa, como sabem. Mas,e se até agora os pijamas largos não me causavam "embaraço", dei por mim a sentir algum desconforto... quando tropecei no pijama que me caiu pernas abaixo...




E hoje comprei, quase sem contar um pijama. ( super fofo quentinho e baratinho da Minnie!)




Decidi comparar os tamanhos. O pijama que levei para o Hospital, quando fui operada e o de hoje, 11 meses e 13 dias depois


 ... fiquei... estupefacta, no mínimo.

Deixo aqui algumas fotos.

E é nisto que eu tenho de me focar. É nisto que temos TODOS ( os que lutam por ser mais "petit") de nos focar.

kiss kiss, Mary

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Novo peso...e a comemoração...à "pequena" e à Francezinha! :)

Trinta e sete quilos depois...comi esta lindeza! (Sim, temos um novo peso, ladies and Gentlemans!)
 
(xi, Mary, isso tudo??? Já vais engordar...)
 
Nada disso. (espero eu... a ver se hoje já não comi só sopinha ao almoço...)
 
Desenganem-se, amigos! Isto não é uma francesinha "normal"

 Tem aqui alguns truques para que eu a tivesse conseguido comer! (e torna-la menos bombástica)
 
Soube-me pela vida, sobretudo porque a companhia foi a melhor! <3!

 Não sou louca por francesinhas ( a última que comi foi há mais de um ano e meio) mas esta soube-me mesmo bem! Muito melhor que muitas que comia antes da Gusta.

 "Truques":

 - mini-francesinha ( metade de uma normal. Pois, a foto engana...)
- Só tem uma fatia de pão, para "segurar o queijo, na parte de cima"
- e para a próxima ( daqui a um ano, talvez) não terá o ovo
( esqueci-me de pedir para tirar, nem o bacon)
- o recheio era um bife de novilho fininho, uma salsicha fresca, fiambre e mortadela (para aproxima elimino ou o fiambre ou a mortadela).
Após manjar divinal, umas voltas a pé, para a "desmoer".
 
(ai que bem que me soube)
 
 
 

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

eu, coachee me apresento!

Uma das "peças" fundamentais deste processo todo é o do acompanhamento psicológico.
 
E eu desisti dele.
 
Desisti por duas razões. 
 
A primeira é que estava  aficar insustentável tantas despesas, mas ( e é esta a segunda causa) sobretudo porque, pura e simplesmente não senti nenhuma ligação profícua na relação terapêutica.
 
 E, como já referi numa publicação anterior, cheguei a comentar com o Dr. Sérgio que precisava de uma banda para a tola... e que  a banda "psicóloga", para mim não servia, mesmo!
 
A isto o Dr. Sérgio fez-me um desafio... o coaching.
 
E , a principio, senti um misto de sensações.
 
Por um lado o meu lado escaldado de PNLs e outras paneleirices "new wave" faziam-me rejeitar totalmente, por outro lado... a imensa confiança no meu médico...e se ele propôs...é porque é bom. Jamais o Dr. Sérgio indicaria algo ou alguém em quem não acreditasse e, numa área sensível como esta, o seu crer,( mesmo que podendo ser ou não céptico) na pessoa indicada só poderia ser profundo.
 
E não me enganei.
 
E as sessões lá começaram. E nasceu mais um "titulo"...eu, Mary, a coachee...
 
E as perguntas, as listas, os planos, as partilhas, os esquemas, os choros e as alegrias começaram a fluir, com a naturalidade de quem não tem a mania que sabe tudo, mas sim, com a disponibilidade de quem quer ajudar-me  a descobrir, dentro de mim , o MEU melhor. É em mim que reside o poder...
 
 E a Filipa e o seu "coaching" conquistaram-me. Mais a confiança na Filipa do que no Coaching, pois só à medida que fui conhecendo é que me fui envolvendo,verdadeiramente. 
 
Mas hoje não em apetece falar de coaching , mas sim da Coach.
Porque não há palavras que expressem a minha gratidão.
E nestes meus tempos conturbados, os primeiros grandes tempos conturbados( outros tempos comparados com estes foram brincadeiras de criança...) desde a decisão/operação , que eu tenho de olhar para o bom que fui conquistando, voltar ao foco e não deitar tudo a perder...
 
( e estou perto, muito perto de deitar tudo a perder)
 
Filipa, obrigado por tudo.
 
(Mary, volta a focar-te no essencial!)
 
Beijos da sua coachee "rebelde"
 
Mary

terça-feira, 19 de novembro de 2013

11 meses

Faz hoje 11 meses que tu, Gusta Maria, te instalaste e revolucionaste a minha vida...


E a revolução, que pensei que seria apenas física, ganhou "vontade própria" e toda  aminha vida está em "ebulição".


E a "ebulição" angustia-me... sobretudo quando sei que, dentro de uns meses o meu pequeno mundo "seguro" será sacudido por uma valente sismo... 


E a "ebulição" "desinstala-me"... às vezes irrita-me, às vezes provoca-me, convoca-me, amedronta-me, enerva-me, impacienta-me, chateia-me, alegra-me, surpreende-me, fascina-me...

Estou "cªªªªªªªªªª" de medo, mas agora não dá para voltar atras... para a frente é que é o caminho.

domingo, 17 de novembro de 2013

colants... ao poder!

Ola meu povo, gente boa do meu heart!


E os colants?    ah?      Ah, pois!


Descobri, recentemente que os colants já me servem :)


Ah ,pois é, bebés!

Sim, que antes, por "mais maiores grandes" colants que comprasse a coisa corria sempre mal: ficavam-me pelo meio das pernas, uma delicia, pressupõem muitíssimo bem.

 Durante anos contribui para a falência de muita fábrica. Nem um parzinho, nenhum... fabricassem para pesos pesado,pah!

Até que me lembrei, ena pah, catraia, agora aquilo já te deve servir, né?

 E  lá ia eu comprar um XL, que a minha mente continua ainda muito gorducha...mas a menina da loja, sabiamente, me disse: esse tamanho é para gordas.

Para si é o L ( ora, pois.... que diferença... uma gorda menos gorda, eh eh)

Foi a alegria pegada!!!! Toda eu rejubilei!( Passe o exagero, foi mesmo uma alegria pegada. Eu já nem sabia a que "sabia" usar colants)


Hoje, no meu passeio com o meu amigo, pelo Shopping (onde comprei uns carrinhos para os meus sobrinhos, abrindo assim a época "Natalicisioconsumista") lá comprei um carregamento de colants.

 E quem me estivesse a observar rir-se-ia de mim, tanto quanto eu...

Hoje sentia-me a rainha do colants! Desfilei, híper fora, exibindo, orgulhosa, o meu novo trofeu!
Colants, colants!!

sábado, 16 de novembro de 2013

Balança linda e amiguinha!

E a balança tem sido linda e amiguinha!
 
(sim, minha fofa, ainda não está para breve o dia em que passarás de bestial a besta, em menos de um  nano segundo)
 
 
este número tem o seu quê de especial...
 
 
tenho 36 anos e perdi...um kilo por cada ano de vida! BIBAAAAA!!!!
 
10 meses, 28 dias, 36 anos, 36 kilos.
(parece-me bem)
 
 
 

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

isto não está fácil...

Neste ultimo mês e meio a dois meses as coisas não tem sido pacificas.
Apesar da perda de peso vejo-me a braços com dificuldades que parecem persistir e que estão a ser difíceis de superar.
Alguma são antigas, algumas são consequências umas das outras.
O que é certo é que isto não é fácil.

- Dificuldade em beber água.

- Dificuldade em comer fruta, porque detesto fruta.
Adoro bananas... só consigo comer meia.
Mas também não posso comer bananas todos os dias, né?
 tento beber um suminho de laranja natural quase todos os dias, mas sei que não chega. Tenho uma dificuldade imensa em incorporar a fruta no menu.

-  Dificuldade em comer sozinha (esta é a pior mesmo).... e isso leva-me a várias situações...
 a não querer comer ou a comer comida comprada ou a comer a primeira porcaria que aparecer.

- Descobri que, depois da operação, não gosto comer nada aquecido. Podia fazer comida a mais e depois aquecia... pois, descobri que, dou por mim, a simplesmente achar que mereço que, a pouca comida que ingiro, seja fresca.
Acho que só hoje é que percebi isso.
Claro que isto depois leva a outra questão: vale a pena cozinha micro-porções? ( e a preguiça?)  Não... e a "pescadinha de rabo na boca" começa...

- Dificuldade em comer sopa... mantem-se. Detesto sopa e sozinha não a como, mesmo! Muito mesmos aquecida! Mas vá lá, apesar de tudo tenho comido mais sopa, sempre fora de casa, com (boa) companhia.

- Dificuldade em beber leite e iogurtes. E iogurtes é bem pior. Aquilo para descer...é ruim! E só consigo meio iogurte e mesmo esse, sabe Deus.

Há outras dificuldades, mas estas são as mais "efervescentes".

Sim, que ninguém disse que isto ia ser fácil... e ´não é mesmo nada fácil!

kiss kiss
Mary

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

fotos do dia :)

E cá vai mais uma compilação das fotos do dia

Espero que gostem

Kiss Kiss,
Mary

Foto do dia# 3/Nov# Sempre_praia
 
Foto do dia#2/NOV: Museu Nacional da Imprensa
 
Foto do dia 9/Nov: Essencialismos
(Ponte Vasco da Gama - Rio Tejo - Montijo)
 
 
Foto do dia 6/NOV# Gostava de te perceber,pah!
(capela do Hospital de Santa Maria)
 
Foto do dia 14/NOV#estragam-me com mimos <3
 
 

domingo, 10 de novembro de 2013

Ola,ola! e o novo peso é...

Antes de revelar o novo peso cá vai o "relatório" gastronómico!


Almoço e lanche de hoje:

 um quarto de posta de perca grelhada

 couve flor e brócolos cozidos

 meia batata ( a dita cuja era do tamanho das batatas de assar, pt foi uma "nisca")

 três tirinhas de pimento assado.

 Senti-me a rebolar... (ao almoço como sempre menos que ao jantar...curioso)

  Começo a perceber quando me dizem que como pouco...

 Mas fiquei bem, soube-me bem. Passeio a pé com o meu "love" e só tive fome três horas depois.

E o que comi??

 Marmelada com queijo!!!

 ( e percebi que era mesmo "panca" minha.... continuo a não achar gracinha nenhum à marmelada...ainda bem)

 E lá vão menos 35 kilos!

Kiss,
Kiss,
Mary Silva

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

números felizes... 86%

Por muitos motivos que não me apetece explanar, a consulta com o Dr. Sérgio acabou por ser antecipada.

E, no meio de um caos interior, ouvi coisas que me deram novo alento, tais como:

  • "Mary está mesmo muito mais magra"

  • "já perdeu 86% do excesso de peso, sendo que eu faço as contas a um referencial de IMC 22 ( o limite superior é 25 e o inferior 19)"

  • (o expectável no primeiro ano de cirurgia é de 45 a 50% e a Mary ainda não tem 11 meses de cirurgia")

  • "agora tem um ligeiro excesso de peso"
Nem sabem como soube bem ouvir isto... nem sabem o medo que me deu ao ouvir isto...

A todos os que têm lutado comigo ( desde tu, Nuno, aos meus pais, à minha coach Filipa, aos meus colegas, amigos, médico(s) , caríssimos leitores destes meus cantos e a tantos outros... ),

o meu sincero agradecimento.

Sem vocês nada disto teria sido possível... continuo a precisar da vossa ajuda, agora mais do que nunca...

kisses, Mary

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

às vezes juro que não te percebo,pah

às vezes?


a maior parte das vezes, mesmo, não te percebo.

...ou porque estou distraída...

...ou porque exijo e depois não te presto atenção...

...ou porque percebo tudo ao contrário...

...às vezes não te ligo mesmo nenhuma, também é verdade...

podias facilitar, oh chefe!

No dia em que te te perceber,pah!

Beijos da tua rebelde,

Mary

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Reunião Informativa sobre a Obesidade e seus tratamentos

E para quem estiver interessado em saber mais sobre os tratamentos da  Obesidade,

amanhã,

 pelas 21h30,


 decorrerá mais uma reunião informativa com o Dr.  António Sérgio e equipa,

 no Instituto CUF


 ( Rua Fonte das sete Bicas, em frente à estação do metro das Sete Bicas).


 Esta reunião é gratuita e é uma mais valia para quem quer colocar questões e ouvir testemunhos.



Kisses, Mary

domingo, 3 de novembro de 2013

vá lá,vá lá...a balança lá vai sendo amiguita

Ola meu povo!

Ontem lá fui a balança e a criatura lá me disse que, mais uma vez, que faltavam 100 gramas...

Claro, sempre as famigeradas 100 gramas!

Ah, faltavam 100 gramas para os MENOS 34!

kisses, Mary

(Ps: se tenho tido muito juízo alimentar? não. Mas paralelamente também tenho comido mais sopinha... vai dando uma para outra. A ver se entro, definitivamente, nos eixos)

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

A balança é uma amiga,pah! (quando não é uma chata)

Como sabem a  balança andava tão parva quanto eu.

Para cima e para baixo e aquelas 100 gramas que tanto me irritam andavam ali a baralhar o esquema.

Mas agora sim, depois de alguns dias de um numero consistente então posso afirmar:

Menos 32 kilos


Parabéns para mim, que apesar de andar meio doida varrida, dos disparates gastronómicos e de alguma ( às vezes muita) falta de fé, vou conseguindo reinventar-me.

(ninguém disse que isto ia ser fácil, Mary...)

10 meses e 10 dias depois menos 32 kilos.

Parece-me bem!

sábado, 26 de outubro de 2013

acordei viva, vá lá!

Já há algum tempo que me apetecia comer  grão de bico.

Não sou fã de grão de bico.

Aliás, sempre fugi dele!

Mas como o raio do grão é todo rico em "cenas" fixes e boas eu lá me fui mentalizando para o incluir no meu "cardápio".
Pois é...e ontem decidi comer grão de bico... passado uma hora e pouco começo a sentir uma vontade enorme de vomitar...
Sentia o estomago uma autentica pedra.
 Suores e muito frio.
 Queria vomitar e não conseguia.
Senti que ia explodir e só pensava que ia morrer sozinha...

Foi horrível.
Andei literalmente aos tombos por casa a tentar vomitar e há partes daquelas horas em que não me lembro o que aconteceu.
Sei que passados umas horas comecei a ter muito sono.
Adormeci.
Acordei umas horas depois, melhor, mas ainda fragilizada e agoniada.
Quando me levantei percebi que tinha vomitado em sítios dos quais não tinha a menor lembrança...

Hoje ando a chá e sopas... a ver se isto regulariza.

O meu maior medo foi mesmo morrer sozinha... vá lá, ao menos acordei viva, buahahahaaaa!!!


domingo, 20 de outubro de 2013

Datas e Estrelinhas que guiam (parte I)

19 de Outubro é uma data de sentimentos contraditórios, em mim.


Há um ano perdia mais uma jovem para o descanso eterno,

e

 mais a minha convicção  de que estava na hora de começar a viver mais e melhor "rebuliçava" dentro de mim.

Há 10 meses, a esta hora já tinha a minha Gusta dentro de mim e nada voltou a ser igual.


10 meses= menos (quase quase ) 31 kg + vitalidade + energia = Nada mal, Mary

Não é fácil, mas vale  a pena.

Estrelinhas que me guiam, obrigado. Sei que velam por mim.

Kiss Kiss

Mary e Gusta

crónicas de uma banda regalada - salmão (again)

... ai que rico
 salmão grelhado com arroz hipermalandrão de legumes
 que eu comi... eu regalada...
e ainda trouxe o que não comi para casa...amanhã já tenho almoço...
 ai que consoladinha!!!
 
Fui!!
Kiss Kiss, Mary

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

crónicas do mundo shitoso

olá gente gira e fofa:

aqui a vossa Mary está em modo shit.

Por muitos motivos, ou nenhum em especial, eu estou deprimida.

 E desta vez decidi assumir que assim me sinto para não perder tempo que é precioso na luta contra este meu estar... "shitoso"


Não, não é por causa da Gusta.

 (ontem uma pessoa muito importante para mim perguntou-me porque chamo Gusta à banda...

 - porque sim, porque há de ser só uma "cena" de silicone?

-  continua a ser a cena de silicone que aperta uma parte do meu estomago...

- mas eu prefiro ser mais poética... então... a Gusta abraça o meu estomago com todo o amor, envolve-o, embala-o... digam lá, não é mais... cut?)

Bom, continuando, não é por causa da minha Gusta, não é por causa de todos os meus condicionantes alimentares, não.

 Simplesmente é.
Simplesmente tenho razões para estar triste...

 ...e para além disso...

...Simplesmente regressou aquela tristeza que me mata por dentro, o acordar com dores no peito, as longas insónias, as angustias e medos.

Voltou...voltou o medo de sair de casa, a vontade de não fazer nadinha.
Voltou o desencanto e a amargura.
Voltaram os pesadelos contigo, mano.
Voltaram os vómitos matinais, o medo de ter um ataque qualquer e só darem pela minha falta muitas horas depois.
Voltou o desnorte e sobretudo a tristeza que em mim habita há muito ...e há muito luto para a purgar.

Pelos vistos hoje disfarcei menos bem. Não gostei que tivesse transparecido.

  E tudo e mais alguma coisa que voltou já eu senti quando era bem mais roliça e por mais que eu até quisesse eu não conseguiria culpar a Gusta.

Mas que a Gusta sofre...sofre.
 Tenho comido mais.
Assumidinho, mesmo.
 Como uma lontra?
- Não.
 Mas a comida tem sido mais calórica ( hoje ao almoço podia ter ficado com uma sopa, mas não resisti a uns carapauzinhos e a arroz híper malandro de tomate e ao jantar comi massa à lavrador...que bom, as saudades que eu tinha de massa com feijão!)

Voltou o medo e a bexiga volta  a ficar mal... medo, muito medo, mesmo. Não era suposto...

Ontem fui à consulta com o meu médico da tola.
Foi bom falar, mas curiosamente não sai de lá mais aliviada... o que para mim se configura como mais um sinal.

Há que estar atenta aos sinais... e muito.

Tenho três coisas para fazer... a fluoxetina para tomar, voltar à hidroginástica e a terceira não partilho porque é demasiado pessoal...mas mesmo que a quisesse fazer não conseguiria pois com os retrocessos... e tenho medo do que esses retrocessos possam significar. (nada a ver com a Gusta)

E sim, sinto demasiadamente a tua falta, Nuno. Começa a ficar insuportável esta situação.
<3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3

A ver se arrebito. Sim, sinto-me mesmo triste. mas isto passa.

( e odeio que me digam: anima-te, isso passa, e outros epítetos,ptt é melhor absterem-se de teorias absolutamente espetaculares, mas apenas nos livros  do Dr. Phil,ok?)

(Dr.JMota, gosto muito de si, respeito-o muito, sabe disso, não sabe?)


kiss kiss
Mary










sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Fotos do dia :)

Decidi publicar, todos os dias, a "foto do dia"!


(salvo quando não me apeteça/não possa, claro, que isto do blog/facebook é para me servir, não para ser escrava)


E como surgiu a decisão? Não sei...surgiu e pronto.

Aqui ficam as primeiras já publicadas no facebook.

 (Toca a colocar like /gosto/ curtir, ok? www.facebook.com/bandagastricamente )

Foto do dia 7/10/13#Praia de Matosinhos#Pôr do Sol#Obrigado,Filipa


Foto do dia 8/10/13#jardim_escolar#

 
Foto do dia#9/10/13#-a ficar larga
 
Foto do dia#10/10/13#Dia da saúde mental
 
 
Espero que gostem.
 
kisses,Mary

sábado, 5 de outubro de 2013

Clinica Dr.António Sérgio, o MEU médico

Ola, Olá meu povo!

Uma das coisas que mais me chateia em muitos blogs e grupos é o endeusamento que se fazem a alguns médicos.
 Irrita-me!
Mas acabo por fazer o mesmo em relação ao MEU médico, ah ah ah!


(Posologia -  ler em modo: tom de menina mimada.)

E sim, meninas e meninos o " MEU" é o melhor.
Ora pesquisem sobre o "MEU" médico, vá lá!
Ah pois é, é meu, na na nina na nanaaa!
( e de mais meio mundo, mas eu gosto de pensar que é só MEU!! )

E quem conhece o Dr. António Sérgio, sabe que é a antítese do médico vedeta.

(Há por aí tanto nabo que só sabe respirar e tem um "cagança" que não acaba e aquele génio é  a simplicidade em pessoa.)

Lá está...quem é, é. Não precisa de mais.

(esta publicação poderia ser patrocinada, mas não é,ok?)

(Posologia- ler em modo: Mary não cabe em si de tanto orgulho)

E, com isto quero dizer que eu sou, orgulhosamente, a administradora ( ainda muito pouco interventiva) da página da Clinica Dr. António Sérgio ( que funciona no Instituto Cuf- Porto, embora o Dr. opere noutros pontos do pais).

Por algum motivo que desconheço o meu médico faz parte daquele grupo que revela uma alergia  ao mundo cibernético  e à minha tirada:
 "eu até podia fazer qualquer coisa daquela página que está morta há muito"
 eu ouço um
 "ok, eu mando-lhe a palavra passe depois, que nem me lembro qual é"

(What? eu nunca pensei que fosse dizer sim...OMG!)

E lá pensei, hmmm daqui a uns dias nem se lembra...pois, pois!

Não...não se esqueceu... mandou-me os dados necessários e eu fiquei cá com um nó...

(Posologia- ler em modo Mary medricas)

( Porque raio confia em mim, porque raio me deixa publicar em seu nome?)

Mandei um mail a questionar, dizendo do meu medo de falhar, de que poderia ser uma doida esquizoqualquercoisa e ainda o deixar ficar mal, é melhor não fazer isso,patati,patatáwhiskassaquetas e etc e tal.

Resposta: "confio porque sim".

(Embrulha Mary)

(Posologia: ler em modo orgulho, again)

Ok!
Engulo em seco e avanço.
 Confesso que sinto um orgulho imenso da confiança que me depositou. Sempre disse que não queria ser mais uma paciente, mas uma paciente que se envolve nesta luta, que não guarda para si o bem que recebe, que ajuda e colabora.

(Posologia -  ler me modo: promessa)

A página anda meio parada (mais viva que antes, mas ainda muito paradita). Projetos...tenho alguns, mas no meio do turbilhão profissional este meu hobby precisa de reflexão antes de iniciar novos caminhos. Mas prometo que  no que me der serei eu mesma, mesmo que escondida pela sigla MB ou Mary Silva.
Sinto um orgulho que não cabe em mim!

E sim, agora faço publicidade gratuita e descarada:

Toca a "botar" um Like ( ou curtir, para os meus amigos do
amado Brasiuuu) em:
www.facebook.com/pages/Cl%C3%ADnica-Dr-Ant%C3%B3nio-S%C3%A9rgio/177620142279415

Uma das maravilhas deste meu "posto" é o de ter conhecido pessoas fantásticas, através deste facebook. pessoas que me enchem de mimos, me motivam e me fazem querer avançar. <3

priceless!

A todos, um agradecimento do fundo do coração!

(Posologia: ler tudo, mas o ultimo paragrafo é o mais importante, claro)

 
 
O "meu" médico:
António Sérgio Bastos Silva, nascido em 10/02/1958 em Stª Cruz do Bispo – Matosinhs.
Licenciado em Medicina pela Universidade do Porto, Faculdade de Ciências Biomédicas Abel Salazar em Outubro de 1982 com 14 valores.
A 03/01/1986 inicia o Internato em Cirurgia Geral no Hospital Geral de Santo António, terminando-o em 30/06/1992 com 19 valores.
Em 1998 por Concurso Público obtém o título de Assistente Hospitalar Graduado
Em 1992 inicia a graduação em Cirurgia laparoscópica, trabalhando com Bernard Dallemagneem Liégena Bélgica, começando este tipo de cirurgia em 1993 no Hospital Geral de Santo António onde realizou pela primeira vez em Portugal uma VagotomiaSupraselectivae a primeira operação de Nissenvia laparoscópica.
Professor Associado da cadeira de semiologia cirúrgica do ICBAS da Universidade do Porto desde 1993 até Fevereiro de 2003
Membro da EAES(Associação Europeia de Cirurgia Endoscópica) desde 1995.
Membro da Federação Internacional da Cirurgia da Obesidade e doenças Metabólicas (IFSO-MD) desde 1997.
Membro da Associação Americana Cirurgia Bariátrica(ASMBS) desde 2002
Membro honorário da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Obesidade e Doenças Metabólicas (SCBCODM)
Fundou a Sociedade Portuguesa de Cirurgia de Obesidade em Outubro de 2000, sendo seu Presidente até 2011.
Realizou um simpósio ( o primeiro realizado em Portugal baseado no tema cirurgia de obesidade com cirurgia ao vivo), seis Congressos e dois Cursos de Cirurgia de Obesidade desde então .
Em 1996 elaborou um programa no HGSA para tratamento dos doentes obesos, o primeiro em Portugal Multidisciplinar com Endocrinologista, Psiquiatra, Psicologoe Nutricionista, que se encontra em funcionamento.
Publicações várias em revistas Nacionais e Estrangeiras, em Particular no “ObesitySurgery”
Múltiplas apresentações em Congressos Mundiais dos seus resultados no tratamento da obesidade com cirurgia restritiva, tendo obtido no IX Congresso Mundial no Japão um prémio, múltiplas demonstrações de cirurgia ao vivo em congressos Internacionais, inclusive no Brasil ( No Congresso da Sociedade realizado em Florianopolisteve oportunidade de fazer demonstração ao vivo de colocação de banda gástrica).
Integra o Conselho da Federação Internacional de Cirurgia da Obesidade (IFSO) desde 2004
Integra desde 2004 a Comissão que planificou o Plano Nacional de Combate à Obesidade que aguarda autorizada pelo Ministério da Saúde para entrar em vigor.
Em 2007 é o Presidente do Congresso Mundial de Cirurgia da Obesidade da Federação Internacional de Cirurgia da Obesidade que se realizou no Porto entre 5 e 8 de Setembro, onde teve a presença de 1.500 participantes de todo o Mundo.
Integra desde 2008 na Federação Internacional de Cirurgia de Obesidade e Doenças Metabólicas o Conselho para a creditação de Unidades Cirúrgicas de Tratamento de Obesidade Mórbida.
Relacionado com a cirurgia bariátricapossui actualmente2.500 dtesoperados incluindo cirurgias de banda gástrica (2.200), Mason, Bypass gástrico (240) e derivação biliopancreática, com um followuptotal de 93% até à data, mantendo um grupo multidisciplinar em funcionamento no Instituto CUF no Porto e Hospital de Santa Maria, bem como Hospital Particular do Algarve.
(retirado de :http://www.clinicadrantoniosergio.com/dr-antonio-sergio/)
 
Em 2012 teve o prazer e a honra de operar a Mary! ( esta é a parte que interessa!)
 

Kiss, kiss
Mary

Dia de pesagem ( após semana negra)

Esta foi uma semana HORRIVEL!

Muita chuva, muita trovoada, muito tempo cinzento, nada de sol = Mary deprimidíssima!

Esta semana fui-me mesmo abaixo.
 Para além dos fatores ambientais apoderou-se de mim um sentimento de desânimo ( acompanhado de umas belas choradeiras) que já não sentia há muito tempo.


E, como nos maus velhos tempos, crises existências refletem-se na organização e  empenho alimentar. E esta semana foi cheia de contratempos, desde comidinhas calóricas a saltos nas  refeições, passando por pouca agua e um sono quase inexistente.

Hoje fui à balança e pensei que a coisa ia descambar.
 E descambou... 400 gramas... Já estava nos Menos 30,5kg e regredi para os menos 30,1kg.

Paciência. Há semanas assim. Assumido o erro há que avançar.

( e ir à casa de banho também ajudava)

Hoje regressou, em força, o sol e já fui fazer a "fotossíntese" e vou-me entregar aos mimos dos meus amigos.
Não há problema em admitir que sim, eu preciso de mimos. Vivo uma solidão que não escolhi e começo a não me dar nada bem com ela.
Hoje, com a minha metade ao meu lado, vou VIVER e RECARREGAR baterias.
Nada está perdido, nada!
( antes pensaria que sim e desistiria)
Cai e levanto-me, a custo, mas levanto-me.
Kisses,
MAry

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

O meu novo amigo

Há já algum tempo que percebi que as medidas "standard"  já não são mais as minhas medidas.

Assim, e também para poder poupar mais uns cêntimos decidi investir num "copo termos" para poder levar a quantidade de leite, por exemplo, que quisesse e ainda mantivesse a sua temperatura, longe dos derramamentos que os pacotes normais provocam.

Não foi nada barato, pelo menos para o meu bolso, mas dia a dia vou recuperando o investimento.

Apresento o meu "rol on" como diz um colega meu...

Kisses, Mary


segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Dando cabo do Orçamento... cintos

O meu velho cinto estava  a precisar de reforma.

 Nada mais natural: comprei um novo...

 contudo, este também começou a ficar pequeno... podia ter feito num sapateiro uns furos, né? pois, mas não... comprei um novo.

Vou à falência, em breve, mas com um cinto mais pequenino :)

(ao menos comprei em promoção)

Por outro lado...estragam-me com mimos!

A minha última publicação referia-se às pérolas menos boas de quem me vê a emagrecer (uns a saber da existência da Gusta, outros não). Mas se estas pérolas merecem destaque, muito mais merece o pódio os mimos com que me brindam e alegram a  existência!

Mary, estás tão elegante! ( ADORO,claro!)

Mary, pareces mais jovem ( ADORO, Claro!)

Mary, tens um ar mais feliz! (POIS! ADORO!)

Mary,  sim senhora, isso é que é força de vontade! ( às vezes, às vezes são estes comentários que alimentam a minha vontade, o meu caminhar! <3)

Mary,, já tens pescoço!! (esta faz-me rir até não poder mais! Pois é, eu antes parecia o Marco Horácio, agora já tenho um pescoço!!)

Mary, és tu? nem te reconhecia assim toda jeitosa ( ADORO!)

Um agradecimento profundo e grato a quem me alimenta a alma, a vontade, o ego, a autoestima!

Kisses, Mary


domingo, 22 de setembro de 2013

COISAS QUE ME IRRITAM II ( Marílias da vida...)

Sou uma sortuda! Estou rodeada de pessoas espetaculares que me incentivam e me dão muito apoio e mimos. Mas mesmo essas, muitas vezes passam-se e não medem o que dizem...eis algumas pérolas....


-Mary estás tão magra, estas anorética?

 (Fuck, se isto viesse dos miúdos eu ainda aceitava, mas de adultos e (des)educadores? )

- Mary não emagreças mais... 

(quê, estou a  a passar por isto tudo para ficar pela metade? sei que não posso ter o corpinho da Cindy Crawford ( ou da Sara Sampaio, para a geração mais nova ou da Twiggy para a geração mais vivida), mas ao menos que esteja o mais perto possível do meu peso ideal, o que sei que não será fácil,mas tentarei... às vezes questiono-me se as pessoas se contentam depressa e facilmente com a mediocridade...)
E quando eu ouso responder: "claro que vou emagrecer", os olhares são piores que a guilhotina do Napoleão.

- Só comes isso? 
( Isto vindo de quem sabe que eu tenho a banda... dói. Se era para comer como antes, jovens, não tinha colocado a banda, né?)

- Estas a comer isso? Ai que JÁ vais engordar outra vez!
 ( ide para o Carvalhido, pah) ( se eu como tudo certinho estou a ficar anoretica, se eu como uma gulodice ( sim, a  menina pode, sabiam? não pode é sempre, mas pode!) então já vai ficar gorda...e sabem o que eu estava a comer? DUAS, SIM, DUAS BOLACHAS MARIA! Sim, duas, meu povo)

- Não bebes sumo?  ao que eu respondo: essa zurrapa cheia de açucar? Não) " ai que estas a ficar fundamentalista" (pois, aqui a  fundamentalista gosta mesmo é de qualidade... sumo mesmo, frutinha espremidinha, essas cenas, estão a  ver? ... dispenso a zurrapa instantânea)

- Tens dificuldade em engolir iogurte liquido (ou outra  cena qualquer) -  Isso é psicológico!
  (adoro esta, a sério, adoro! Meninas e meninos bandeados se tiverem dificuldade em engolir algo, já sabem, os doutores maraBilha já vaticinaram: é psicológico... só falta dizer que é hiperatividade... algo muito na moda, ou dislexia...ainda nos mandam tomar ritalinas, vallium e afins e rematam com uma carimbadelada do  Ensino Especial que é um mimo. Fujam enquanto é tempo).

ffffffffffffffffffff

Mary ri-se, à socapa! Chamo a estas pérolas as minhas Marílias, em honra a uma criatura que quando não sabe, inventa com a convicção dos sábios e me "coze" o juízo.

Rio-me...mas lá que enervam...enervam...

love, Mary!

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Bolo da "Tila" versão Sugar&light

O meu marido fez anos há uns tempos e pediu-me para lhe fazer um bolo de chocolate, receita que me foi fornecia pela D. Otília, uma senhora impecável e generosa, que muitas vezes não é compreendida como merece.
E a D. Otília é daquelas pessoas que, se dissermos "ai", ela está logo a ver como nos ajudar. Também lhe reconheço um feitiozito, mas isso todos temos.

E a receita já todos a sabe, quase de certeza, mas eu, cozinheira pouco experiente fiquei embasbacada com esta maravilha ... imaginam como sou experiente...

A receita:

100gr de açúcar
3 ovos
100 gr de farinha
100gr de manteiga
100 gr de chocolate me pó
mexer tudo e colocar numa forma de silicone durante 5 minutos na potencia máxima

et voilá!


Mas, o meu maridão, que já provou as duas versões deste bolo ( com adoçante e com açúcar) pediu-me para que eu, para o aniversário dele fizesse com açúcar pois era melhor. Então decidi fazer duas versões e uma prova cega...

...de rir que o melhor que foi eleito foi, ironicamente, o do adoçante ( uso o stevia )...eh eh eh!



e eu... eu comi o bolo?
não, detesto chocolate...

kisses, Mary!


quarta-feira, 4 de setembro de 2013

balançando...sono de beleza...

Finalmente a minha bexiga entrou em modo "tréguas" e eu pude começar a dormir um nadinha melhor.

(nota: ainda está em estudo o meu problema de bexiga...)

Bem, esse "nadinha melhor" tem-me sabido pela vida. Foram só duas noites, mas souberam muito bem.

E acho que tiveram um bom efeito na reorganização do meu corpo.

Sim, fui á balança e  o número que apareceu foi muito simpático, mas para já não quero muito festejar.

Prefiro esperar uns dias e confirmar.

Tenho quase a certeza que é real, mas atendendo a tantos acontecimentos prefiro usar da prudência.

Talvez daqui a dois ou três dias volte à balança.

Para já tento me reorganizar no meio de tanta confusão.

Vou dando noticias,

Love,
Mary

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Flash: consultas

E hoje lá fui à consulta com o Dr. Sérgio e a Dra. Ana Rocha.

Como hoje não em apetece muito escrever cá vão as notícias em modo "flash"!

- No geral as análises não estão muito mal, contudo:

 - há coisas a melhorar:

- vitamina C ( vou tomar o Cebion)
- vitamina D (vou tomar Vigantol)

- há coisas a "repor":

ácido Fólico ( vou tomar o Folicil)

- há coisas a reordenar:

 O colesterol está um bocado aos "esses", mas esse vai voltar ao sítio, ai vai, vai! ( vou tomar Sinvastatina, ter mais juízo quanto a certos "itens", promover o exercício físico...)


Como o intestino anda parvo vou fazer uma colonoscopia... :(


E lá apertei mais um pouco e descobri que o "port" se virou, razão pela qual, dia 29 tive fortes dores no dito cujo.


agora começa nova etapa, rumo á normalização de tudo e á perda de mais uns quilitos!


kisses, Mary

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Associe-se!

Apesar de viver na cidade tenho o privilégio de, pela janela da minha sala, ser "abraçada" por uma "mini cordilheira".

Nestes últimos dias olhar para lá é olhar para um inferno impossível de aceitar!

Como é possível? como?

Conto: um, dois ,três ( e já foram mais) incêndios.

Agora está na moda uma de duas coisas:
endeusar os bombeiros ou "diaboliza-los".

É um facto que a juventude de quem, cedo demais partiu à conta desta luta desigual, poderá evidenciar pouca experiência. Pode.

 Falta de coordenação? pode e se assim é muito se terá de rever.

Mas jamais poderei considerar justo coisas que vou lendo por aí como: "obrigado, bombeiros por não saberem apagar fogos" ... e outras M*****.

Enfim...


Em todo o lado há os bons e os maus. Mas pressinto  e vejo que os primeiros são a maioria.

 Tenho o privilégio de viver ao lado de uma corporação. ( o privilégio é questionado quando a  sereia toca de madrugada, mas passa logo o mau humor, dando lugar a uma imensa preocupação).

Vejo, muitas vezes, os treinos que fazem, embora só o "terreno" lhes dê a verdadeira experiência. Sinto o "amor" à corporação, ao seu quartel, à sua família bombeira.
E a rapidez com que tentam responder aos muitos pedidos de ajuda.

(Olho para  a parada, pela janela do quarto, e os gestos são aplicados e rápidos....)

(O tempo urge, como diria o meu grande professor de Português do 8º ano.)

Entretanto, sobre a campanha do "1 euro" para os Bombeiros... acho interessante a iniciativa e, muitas corporações vivem dias de amargura, mas mais do que uma iniciativa esporádica, estes homens e mulheres precisam é de que a comunidade (nós todos, mesmo!) os acarinhe sempre e a melhor forma (e ainda nos traz bastantes vantagens) é ser-se associado.
Fica mais caro, é verdade,.
É menos mediático? É verdade.
Mas traz vantagens e ajuda-se de forma muito mais profícua.
Eu  sou associada.
É um dever, mas sobretudo uma honra.

kisses
Mary

análises clinicas (sangue)

Há uns tempos fui fazer análises, as primeiras após a cirurgia.

Já abri o envelope, sim, que as análises são  minhas e o Dr. António Sérgio sabe bem que curiosidade é um dos meus nomes do meio.

Não vou fazer muitos considerandos, ainda.

 Há ali algumas situações a corrigir.

 Após a consulta darei um outro feedback.

Entretanto decidi marcar consulta com a Dra. Ana Alexandra Rocha, a nutricionista.

 A minha saúde financeira nunca foi tão débil, mas em certas alturas há que fazer um investimento.

Esta consulta será esse investimento.

Tenho livros que ajudam e tal, mas nada como se conversar, tirar dúvidas, esclarecer.

 A ver se coloco o que (ainda) não está bem nos eixos.

kisses,
Mary

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

isto de nao ligar o pc...

...uma semana e meia sem ligar o pc e parece que houve uma revolução em muitas vidas.... é o que vos digo. Xiça

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

fotoférias ( memórias de dias felizes)

E assim foram os meus jantares, excepto o da foto seguinte que foi feita em "casa" e comido na praia


Jantar feito por mim, comido na praia, com a melhor companhia. <3

 


e até o "port" foi apanhar banhos de sol e mar, em S. Martinho do Porto
 
 Não, não é mais um incêndio, mas sim o Sol a pôr-se por trás das arvores.
 A minha vista de fim de tarde.
 Uma das asneirolas: berbigão. Também comi camarão!
 Que belos pôr do sol
e fomos ver o  Boss AC